Make your own free website on Tripod.com
 
 
 
 
 

>>>>>>>>>>>>>>>>>

LIMITES

<<<<<<<<<<<<<<<<<
 


 
 
 

Neste mundo, estamos limitados em todas as circunstâncias.
Só havia lugar para um espermatozóide...
Mesmo antes de nascer, encontramos limites
no lugar em que ocupamos, no fluxo do sangue,
no alimento que chega, na acidez do líquido amniótico.

No momento em que entramos nesta vida,
somos forçados a usar uma porta tão estreita que,
mais parecemos um camelo,
tentando passar pelo fundo de uma agulha,
seja lá o que isto signifique.
(Lembra-nos que a saída desta vida
pode ser em condições similares ou, quem sabe,
a entrada na outra?)

Há o limite de temperatura, da luz, do novo alimento,
já nem sempre tão automaticamente disponível como antes.
Ruídos novos, assustadores, nos obrigam a nos adaptarmos e ampliarmos nossos limites.

Daí em diante, da infância à universidade,
trabalho casamento ou celibato, lazer, etc.,
sempre seremos obrigados a realizar coisas
que vão além de nossas habilidades praticadas anteriormente.

A maioria faz das tripas coração e supera,
não somente aqueles mais comuns,
como também as imprevisíveis fatalidades.

Outros sucumbem, ao descobrir que possuem fronteiras aparentemente imutáveis e, por outro lado,
não desenvolvem a capacidade de conviver
com suas próprias limitações.

Para perdedores e vencedores
nesta luta sem fim há uma esperança:
o ilimitado, o incomensurável, o infinito, o eterno.

A obviedade desta proposta é a própria névoa
que impede sua percepção.
É óbvio que a solução para qualquer problema
é o não-problema!

Não é nenhuma alternativa gerada
após o uso de gigabytes de um supercomputador.
É apenas tão simplesmente aquele misterioso,
arrogante, prepotente, místico e radical óbvio.

Talvez por causa disto Jesus disse
que veio pregar a verdade para os pobres de espírito
(Mateus 5:3) e para os pobres sem maiores adjetivos
(Lucas 6:20 e 4:18).

São muito poucos os ricos, sábios, entendidos,
sacerdotes que se encaixam nestas condições.
(I Coríntios 1:18 a 31, Mateus 11:25, Lucas 10:21).

Se não nos tornarmos como criancinhas,
não entraremos no Reino (Mateus 18:3).

Quem sabe você pode se dar a oportunidade
de se tornar membro deste seleto clube de pessoas
soberbamente privilegiadas?

Não é para qualquer um...

Negue sua lógica.

Negue sua razão.

Negue seus sentimentos.

Negue suas emoções.

Negue suas experiências.

Negue seus padrões. (Marcos 8:34)

Aceite somente este gritante e saliente óbvio:
Deus é solução para todos os seus limites.
Ele quer apenas que você abra seus megabytes
e delete alguns programas fajutos
que já processou tantas vezes e não deu em nada.

Ele tem um novo "software" para você.

Está pronto desde quando foi projetado seu "hardware".

Chega de processar estas cópias pirata, cheias de vírus.

Ele quer se ligar em você.

Aí então, você terá acesso à fonte de todos os sistemas do Universo. É óbvio, não é? É a Internet de Deus. Plug-se nela.

É bem verdade que as meretrizes e os ladrões continuam entrando no Reino antes de muita gente boa que está por aí (Mateus 21:31, 32).

 

(Digitado por meu sobrinho Israel Reis, 12 anos,
com pouquíssimos erros, ao custo motivacional de R$ 1,oo.)


- Fale com Heitor Reis: heitorreis@brfree.com.br
- Leia textos de Heitor Reis publicados por terceiros clicando aqui.
- Visite também o outro site de Heitor Reis, Ditadura Civil no Brasil.

Voltar para a página inicial

 

clique aqui!
by Banner-Link