Make your own free website on Tripod.com
 

 

 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
 
 FORMAÇÃO DO CARÁTER NACIONAL

BRASIL E USA

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

 
 


É importante, para que busquemos efetivamente solucionar os problemas atuais de nosso país, estarmos conscientes de nossa história e da formação do caráter de nosso povo, compreendendo e eliminando suas causas.

Nada mais objetivo que compararmos os resultados opostos gerados por estas colônias, cujas características também propiciaram o surgimento de duas Américas diferentes.

Solicito a contribuição de todos, seja para acrescentar algo mais ou criticar o que já está feito, de tal forma a alcançarmos uma descrição mais nítida de nossas origens, havendo algum espaço livre ao final da tabela para este fim, no caso de você copiá-la.
 
 
 

Característica 

Predominante

USA
BRASIL
Origem dos colonos  Inglaterra (anglo-saxãos) Portugal (ibéricos)
Tipo de colonização  Estabelecimento  Exploração
Objetivos dos colonos  Permanecer e construir um país livre em todos os sentidos  Enriquecer-se rapidamente a todo custo e voltar 
Planejamento Longo prazo Imediatista
Religião dos colonos  Protestante  Católica
Moralidade  Puritanos  Depravados
Objeto da fé  O Criador do Universo. Consideram-no como pai e acreditam ter com Ele comunicação direta. Para tanto, é exigido do fiel um comportamento adequado às Suas leis, trazidas por Jesus Cristo, Seu filho. Criaturas já falecidas. As várias Nossas Senhoras, inúmeros santos, anjos e miríades de almas do purgatório intermediam junto ao Criador as bençãos solicitadas, mediante promessas por parte do fiel.
Coerência com a teoria religiosa Maior Menor
A religião gerou uma alfabetização Democratizada Elitista
Liberdade religiosa Livre interpretação das escrituras pelos fiéis e livre iniciativa para abertura de outras igrejas Dogmatismo, com punição para os hereges; infalibilidade papal; monopólio da salvação.
Participação religiosa Descentralizada, com delegação de poder ao fiel, gerando autonomia Centralizada, dominante, gerando passividade por parte do fiel
Separação Igreja-Estado Existente Institucionalizou-se a igreja oficial do Estado, tendo mais recentemente o General Figueiredo decretado por lei que N. S. Aparecida é a Padroeira do Brasil.
Reação diante dos problemas Protestar radical e objetivamente. Reclamar evasivamente e depois acomodar
Miscigenação racial Mínima Elevada, gerando bastardos que não eram, nem europeus, nem índios e nem africanos, sem identidade, muitos dos quais foram abandonados pelo pai, que voltou para a metrópole, gerando a "síndrome da ilegitimidade" 
Economia individual Parcimoniosa, frugal Perdulária, esbanjadora
Poupança popular Grande Pequena
Disciplina Maior Menor
Temperamento

Comportamento

Racional, frio e calculista Emocional, sentimental e passional
Clima  Frio, exigindo reservas materiais para suportar o inverno. Quente, o qual contribui para a indolência e a despreocupação em relação ao futuro.
Processo de independência Maior participação popular. Direto para a república. Menor participação popular. Via monarquia. A iniciativa foi do próprio príncipe, que se fez rei. 
Passado recente em relação ao Brasil  Apoiou e estimulou a Ditadura Militar e as atrocidades cometidas no Brasil, bem como em outros países do planeta. Após a deposição, apoiada pela ICAR (*), de um presidente legitimamente eleito, houve duas décadas de truculenta ditadura militar, a qual teve como prática comum torturar e assassinar lideranças políticas que não rezassem pelo catecismo capitalista 
Passado recente em relação ao planeta Tornou-se a maior economia, detendo hegemonia no planeta; um império, com elevado padrão de desenvolvimento humano para a maioria de seus 240 milhões de pessoas; 500 mil brasileiros fugiram para lá, arriscando a própria vida, algumas perdidas nesta empreitada. Tornou-se 10a. economia mundial e a 3a. em concentração de riqueza no topo da pirâmide social, com 50 milhões de miseráveis, mais 70 de pobres e quase pobres, de um total de 170 milhões de habitantes (Banco Mundial no JB de 18/06/2000).

(*) ICAR - Igreja Católica, Apostólica e Romana
 
 

Para aprofundar-se mais no tema:

A ÉTICA PROTESTANTE E A IDEOLOGIA DO ATRASO
BRASILEIRO de Jessé Souza
Revista Brasileira de Ciências Sociais
vol. 13 n. 38 São Paulo Oct. 1998
Print ISSN 0102-6909
http://www.scielo.br/cgi-bin/fbpe/fbtext?got=last&pid=S0102-6909(98)01303806
&usr=fbpe&lng=pt&seq=0102-6909-004&nrm=iso&sss=1&aut=71981947
 
 

O Malandro e o Protestante
315 págs., R$ 27,00
Jessé José Freire de Souza (org).
Ed. da UnB (SCS, quadra 2, bloco C, nº 78,
CEP 70300-500, Brasília, tel. 0/xx/61/225-5611).
 
 

_______________________

Heitor Reis é Engenheiro Civil em BH/MG.
http://br.geocities.com/ditaduracivil/
http://groups.yahoo.com/group/DitaduraCivilnoBrasil
Nenhum direito autoral reservado.

 

A ÉTICA PROTESTANTE E A ORIGEM DA AUTO-ESTIMA
 

www.HeitorReis.fr.fm
 

 


- Fale com Heitor Reis: heitorreis@brfree.com.br
- Leia textos de Heitor Reis publicados por terceiros clicando aqui.
- Visite também o outro site de Heitor Reis, Ditadura Civil no Brasil.

Voltar para a página inicial

 

clique aqui!
by Banner-Link